Atualmente qual é a melhor carreira a seguir?

Advogado ganha mais do que um médico? Trabalhar em banco é melhor do que em uma construtora? Ainda vale a pena ainda fazer concurso público? Ser trainee é garantia de uma carreira de sucesso?

Muita gente acredita e vende a “verdade” de que remuneração e sucesso profissional estão ligados à escolha que fazemos do curso de faculdade ou do segmento da economia no qual você vai trabalhar. Outros ainda acreditam que seu salário e carreira dependem da condição da empresa ser multinacional ou nacional.

A verdade é: não existe esta correlação e nem esta regra!! Mesmo! Assim como existem altos salários nas grandes empresas, também existem advogados que ganham pequenas fortunas em seus próprios escritórios. Assim como existem cirurgiões que têm altas remunerações, existem médicos que não alcançaram sucesso profissional e dizem que ser médico no Brasil é muito difícil.

O que quero dizer é que o sucesso profissional e a remuneração que você alcançará dependem de muitos mais fatores do que somente a formação profissional, o mercado no qual você trabalha, ou da nacionalidade da sua empresa.

Obviamente que estes fatores podem contar, mas isoladamente eles não são decisivos.

Para decidir qual carreira seguir, leia e reflita sobre as seguintes questões:

1) Só porque um ou mais amigos seus são bem-sucedidos em uma carreira, não quer dizer que você também será se seguir os mesmos passos profissionais.

2) Sucesso na carreira pode estar relacionado a um momento específico. Em 2007, por exemplo, o Brasil vivenciou um crescimento de 300% no volume de IPO* (empresas que abriram seu capital). Muitos profissionais atingiram uma posição gerencial ou de diretoria em tempo recorde naquela época. Talvez este mesmo mercado não proporcione esta velocidade de crescimento no momento atual.

3) Inicar a carreira via Programa de Trainee pode ser um diferencial. Eu disse pode. Diversos executivos de sucesso com quem converso foram reprovados em Programas de Trainees porque suas competências eram menos aderentes ao mundo corporativo. Mas carreira não se faz somente em grandes empresas.

4) Óbvio que existem as “profissões da moda” e também algumas promessas profissionais para os próximos anos. Mas é importante pensar: você se identifica com estas profissões? Se não, não adianta abraçar uma possível “carreira promissora” que exigirá de você o que você não tem a oferecer. Imagine a carreira de engenharia ligada ao mercado de Óleo e Gás. Você gosta de engenharia? Você se vê trabalhando ligado a este meio profissional? É uma possibilidade para você residir ou trabalhar nas regiões onde as reservas de petróleo estão instaladas?

5) É fácil olhar um profissonal muito bem-sucedido e achar que ele chegou lá por uma combinação simples de sorte, boa formação acadêmica e trabalho árduo. Isto pode ter acontecido também, mas geralmente o fator ousadia é predominante nas carreiras de sucesso. E maior ousadia significa maiores riscos. Eike Batista – um dos homens mais ricos do mundo – quebrou diversas empresas antes de consolidar seu império. Talvez muitos tivessem desistido ao quebrar a primeira ou a segunda empresa fundada com muito trabalho e “chegado a conclusão” de que é impossível empreender no Brasil.

É importante saber: não existe escolha livre de risco e não existe nada de graça. A melhor carreira a seguir é aquela que a palavra “você” centraliza as questões:

VOCÊ:

SE IDENTIFICA

TEM APTIDÃO

ACREDITA

SE MOTIVA

TEM PAIXÃO EM FAZER

VÊ VALOR NO QUE FAZ

Afinal, escolher a melhor carreira com base no que os outros acham, é como deixar a responsabilidade sobre boa parte da sua vida nas mão alheias. E aí, não vai dá pra dizer que não era exatamente aquilo que você queria.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s