É HORA DE MUDAR?

Por Sergio Sabino

O momento do mercado é bastante turbulento atualmente. A decisão sobre a evolução na carreira é algo bastante delicado, especialmente após um certo tempo de experiência profissional. O peso de garantir uma evolução consistente na carreira é sempre muito importante e ninguém, além de você mesmo, deve decidir que rumos ela vai tomar. Por isso, sugiro algumas reflexões para você levar em conta neste momento, para evitar torná-la um problema maior.

467872283

 

1-      Não decida mudar por aspectos emocionais

Muitas vezes, sua decisão por buscar outro desafio profissional é movido pela emoção. Uma divergência de opinião forte, uma grande discussão ou frustração com pares e superiores. Procure ponderar e dar o peso certa aos problemas que você passa no escritório. Se a empresa ainda te atrai por outras razões, em 80% dos casos, uma boa viagem de férias te traz de volta, motivado e com nova energia.

2-      Olhe para você mesmo e aprenda o que te realiza

Isso é fundamental. Não pense no cargo que tem, nos benefícios que recebe. Pense efetivamente no que você FAZ no dia a dia. Aquele trabalho do cotidiano te faz ir para casa satisfeito? Você tem a sensação de dever cumprido na maioria dos dias? Este é um indício que, apesar de sua ambição em mudar, seu trabalho atual te proporciona uma satisfação intangível que não é fácil de conseguir. Pense nisso.

3-      Faça uma análise racional da sua perspectiva de crescimento

Normalmente, o que nos motiva é o que vem pela frente. Somos sempre bastante preocupados com o próximo passo. Isso é um sinal positivo, desde que você não viva o presente como se já estivesse lá. Importante é entender como a sua empresa pode oferecer a você este próximo passo. Mesmo que não tenha ouvido nada sobre isso de seu chefe, analise à sua volta e perceba oportunidades, com base nos seus conhecimentos, tamanho da empresa e níveis hierárquicos. Se você ainda enxerga chances de movimentação (na hora certa) pense também em crescer internamente. Afinal, as pessoas já conhecem você e seu trabalho, o que é um desgaste a menos.

4-      Avalie o ambiente que o cerca e o direcionamento que a empresa propõe.

Uma empresa é feita de pessoas. Pessoas são movidas por interesses. E entre estes interesses está a construção de um bom ambiente profissional. Se todos caminham juntos, o ambiente será bom e todos irão crescer. Se sua empresa atual oferece um direcionamento estratégico interessante, estes interesses serão convergentes, algo muito importante para a satisfação profissional. E um ponto a favor para sua permanência.

5-      Não tenha medo de mudar

A última sugestão é clara. Se nada do que foi dito nos últimos 4 pontos, você terá segurança para uma decisão mais consistente. Importante estar preparado para mudar e não se amarrar a uma relação que não trará mais evolução profissional,  apenas por insegurança. Não tenha medo de mudar. Mas mude com todos os pontos devidamente avaliados.

Sergio Sabino é diretor de Marketing e Planejamento comercial para o PageGroup América Latina

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s